quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

sábado, 25 de dezembro de 2010

O deles e o meu!

Uma das melhores prendas de sempre! Obrigado, obrigado, obrigado! Quanto a vocês desse lado do ecrã, se se quiserem roer de inveja, dêem um saltinho até aqui.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Dor Crónica 144
ANÁLISE DO ANO: SETEMBRO 2010




A banda sonora da Dor Crónica de hoje é dedicada às vítimas do processo Casa Pia.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Dor Crónica 142
ANÁLISE DO ANO: JULHO 2010




Um grande pedaço de Espanha, um bocadinho de polvo, um túnel bem saturado, uma mão cheia de incêndios e um crimezinho para sobremesa. Assim foi a receita do mês de Julho.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Dor Crónica 140
ANÁLISE DO ANO: MAIO 2010




O maior acontecimento do mês - aliás, o maior acontecimento do ANO - foi a consagração do Benfica como campeão nacional. Isto e muito mais na Dor de hoje.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Dor Crónica 139
ANÁLISE DO ANO: ABRIL 2010




Em Abril, a China sofreu um forte terramoto. Eu tentei fazer piadas sobre isto, a sério que tentei, mas não consegui. Todas elas provocavam sorrisos amarelos

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Dor Crónica 136
ANÁLISE DO ANO: JANEIRO 2010



A análise do ano que agora termina começa agora. Janeiro 2010. O que é que o Haiti e a Palyboy têm em comum? Ouçam.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Ops.

Epá... ao tempo que não venho aqui. Isto continua igual. As cortinas, o tipo de letra, o template, a sugestão musical, a sugestão de leitura... Olha a Dor Crónica 129, do dia... 25 de Novembro!!! Ops. Peço desculpa pela ausência, mas o trabalho - felizmente - tem sido muito. Os espectáculos "do Costume" às terças-feiras no Café-teatro da Comuna (Lisboa) têm estado a correr muito bem, a Dor Crónica está de óptima "saúde" e os eternos projectos paralelos parecem estar a ganhar forma. São estas as minhas desculpas. Vou tentar manter o blogue actualizado, no entanto, se me apanharem desprevenido, podem sempre encontrar-me nos seguintes "locais":
Beijos e abraços. Até já,

FOTO: Cientista Júlio na apresentação do seu Coiso (doCostume - espectáculo "Outra Coisa")

sábado, 30 de outubro de 2010

ESTREIA 2 NOVEMBRO
...do Costume - Outra coisa

Eu e quatro amigos decidimos criar um espectáculo de humor e levá-lo ao palco do Teatro da Comuna, em Lisboa.

Todas as terças-feiras, às 21h30, lá estaremos com "Outra coisa".

Nós, os "...do Costume".

Mais informações aqui.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Dor Crónica 88 (29 Setembro 2010)


Emily Deschanel, protagonista da série 'Ossos', casou este fim-de-semana. Ela e o marido são unha com carne.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Dor Crónica 87 (28 Setembro 2010)


Durante a 1ª Guerra Mundial, o MI6 - serviço secreto britânico - usou sémen como tinta invisível. Agora percebo porque é que nunca mais vi a Elsa Raposo.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Dor Crónica 86 (27 Setembro 2010)


Em Berlim, um acidente de autocarro causou a morte de onze pessoas. O destino era a Polónia. A companhia de viagens é claramente responsável até porque, para fazer a viagem Alemanha-Polónia, é muito mais tradicional ir de comboio.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Dor Crónica 85 (24 Setembro 2010)



Paris Hilton está impedida de entrar no Japão. No entanto, ela não impede que o Japão entre nela.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Dor Crónica 83 - 22 Setembro 2010




A NASA identificou uma estrela que terá engolido uma vizinha sua. Por cá, também há uma estrela que engole outras: chama-se Paris Hilton.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Dor Crónica 82 - 21 Setembro 2010




Um carpinteiro violou uma menina de 13 anos. É a segunda tragédia este ano que tem lugar na madeira.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Dor Crónica 81 - 20 Setembro 2020




Em Coimbra, um professor foi proibido de usar piercing nas aulas. Eu acho muito bem! Se ele gosta de buracos no corpo que vá para uma escola na Damaia.

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Dor Crónica 80 - 17 Setembro 2010




Carlos Cruz foi ontem às Tardes da Júlia. Curioso, ele costumava era ir às Tardes do Joel.

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Dor Crónica 79 - 16 Setembro 2010




Bibá Pitta foi convidada a testar produtos da Microsoft. Ela aceitou de imediato até porque, desde que teve a sua última filha, já está habituada a lidar com coisas com deficiência.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Dor Crónica 78 - 15 Setembro 2010




O Benfica ganhou à equipa israelita do Hapoel. É caso para dizer que agora foi a vez de Jesus tramar os Judeus.

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Dor Crónica 77 - 14 Setembro 2010




Foi detido o padre belga que violou crianças esquimós. Há quem converse para quebrar o gelo. Ele decidiu ter sexo.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

CIRCO DE LETRAS
Regresso às aulas

Hoje regresso às minhas lembranças do regresso às aulas. Estojo com canetas azul, preta e vermelha, um lápis, uma afiadeira e uma borracha verde ou vermelha com uma das pontas azul. A borracha nunca servia para apagar nada, mas sim para escrever ANDRÉ em letras grandes com o tipo de letra dos Metallica ou então BOSS bem vincado para que toda a gente visse a minha habilidade a inglês.

Os meus primeiros livros da escola eram envolvidos por uma capa semi-transparente com desenhos das Tartarugas Ninja. O único momento em que via a capa original era quando ia com a minha mãe comprar os livros à papelaria Jota. Em casa, lá se dedicava o meu pai à encadernação. Para não estragar e, também - essencialmente -, para não me assustar tanto. Pouco depois, a disciplina de Estudo do Meio tinha-se transformado no Donatello e no Leonardo a praticar artes marciais.

Dentro dos livros, as folhas que tinham toda a matéria para o ano, depressa se tornavam autênticos diários de pré-adolescente. Letras de músicas dos Nirvana e dos Ornatos preenchiam a parte rebelde, poemas do Ary dos Santos a parte mais coraçãozinha.

Sempre fiquei na primeira ou na segunda mesa, junto ao professor. Número dois ou número três. André Pereira. Presente. Sem fazer barulho, atento à aula e às miúdas novas. Voltava a escrever no livro. A aula acabava sempre cinco minutos antes de tocar a campainha. Esquecia a miúda dos olhos verdes ou aquela das covinhas no rosto. Estava já a construir a minha equipa para os 10 minutos de intervalo. Eu não vou à baliza. A mochila faz de poste e é roda bota fora. Toca a campainha para entrar. Bem pior que sofrer um golo. Regresso às aulas.

in Jornal Mais Aguiar da Beira

Dor Crónica 76 - 13 Setembro 2010




Luís de Matos foi considerado o melhor ilusionista da década. Em segundo lugar, ficou Jorge Jesus que, em apenas um mês, conseguiu fazer desaparecer uma equipa de futebol.

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Dor Crónica 75 - 10 Setembro 2010




Hoje é o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio. Portanto, nada de ver jogos da selecção.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Dor Crónica 74 - 9 Setembro 2010




Um problema informático impediu que o acórdão do processo Casa Pia fosse entregue ontem. Felizmente para todos, foi um problema menor.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Dor Crónica 73 - 8 Setembro 2010




Sarkozy confirmou que, a partir de agora, os naturalizados que agridam a Polícia deixam de ser franceses. Por outro lado, os estrangeiros que passarem a usar sapatilhas brancas e meias por cima das calças de fato-de-treino têm a naturalização garantida.

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Dor Crónica 72 - 7 Setembro 2010



Em França, um homem foi proibido de jogar futebol porque é gay. Os adversários têm medo das entradas por trás.

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Dor Crónica 71 - 6 Setembro 2010




O acórdão do processo Casa Pia é capaz de ser o guião pornográfico mais complexo de sempre.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Dor Crónica 70 - 3 Setembro 2010




Segundo novas investigações, Maddie foi levada pela máfia cigana. Ou seja, é certo que não está em França.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Dor Crónica 69 - 2 Setembro 2010




Foi aprovado um programa de Erasmus para os agricultores. Agora, há mais profissionalismo na troca de vacas.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Dor Crónica 68 - 1 Setembro 2010




Muitos dos alunos que foram abusados na Casa Pia tentaram o suicídio. Não conseguiram porque enganavam-se sempre no sítio onde meter o cano da espingarda.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Dor Crónica LXV




Faz hoje 13 anos que a princesa Diana morreu num acidente de carro em Paris. Recentemente abriram o caixão e a única coisa que estava intacta era o volante do BMW.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Dor Crónica LXIV




Um estudo vem dizer que dez minutos é a duração ideal para uma relação sexual. Para o Carlos Cruz é dez anos.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Dor Crónica LXIII




Em Portugal, um novo projecto aposta na utilização de cabras para prevenir os incêndios. Acho bem, é como nós. As cabras limpam o que os cabrões sujam.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Dor Crónica LXII




O novo Fifa 2011 vai permitir controlar o guarda-redes. Gostava de saber quando é que essa tecnologia chega ao Benfica.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dor Crónica LXI




Michael J. Fox vai regressar à televisão. Ele está tão contente que ainda não parou quieto.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Dor Crónica LIX




A Universidade de Aveiro vai ensinar menores a lidar com dinheiro. Esta é uma espécie de Mestrado para as crianças que frequentam a Casa Pia.

domingo, 22 de agosto de 2010

Vermelho

Ontem à noite o vermelho não se portou lá muito bem mas, mesmo assim, decidiu sair connosco.

sábado, 21 de agosto de 2010

Pensamento do dia

Pinto da Costa (presidente do FC Porto que teve nas suas fileiras jogadores como Jorge Costa, André, Paulinho Santos, Fernando Couto, Maniche, Jaime Magalhães, João Pinto e Bruno Alves, entre milhares) diz que ganhou a Supertaça a uns caceteiros.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Dor Crónica LVIII




Nos EUA, um homem colocava esperma na garrafa de água de uma colega de trabalho. A água de certeza que era da marca "Nobre", que vem da perna extra.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Dor Crónica LVII




Começa hoje o Festival Maré de Agosto nos Açores. A organização está com algum receio até porque o Festival Maré de Fevereiro na Madeira não correu lá muito bem.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Dor Crónica LVI




Na Turquia, Ricardo Quaresma continua a dar espectáculo. Ontem marcou mais um grande golo. Isto só vem provar que lá fora é o único sítio onde os ciganos são úteis.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Dor Crónica LV




Dezenas de pessoas protestaram contra os maus tratos dos animais em Fátima. De facto, terem enclausurado a irmã Lúcia durante tantos anos não foi uma atitude muito correcta.

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Dor Crónica LIII




Sexta-feira 13. Desde que a Teresa Guilherme e a Manuela Ferreira Leite não apareçam na televisão, para mim não há bruxas.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Dor Crónica LII




Na Roménia um padre afogou um bebé durante o baptismo. Espera lá... afogou? Os padres estão mais habituados a enterrar.

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Dor Crónica LI




O próximo programa dos Homens da Luta vai ser "uma mistura de 'Zip Zip' com LSD". Esperemos é que não seja feito em Elvas.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Dor Crónica L




As três pessoas que ficaram cegas numa clínica no Algarve vão avançar para tribunal. Precisam é de um cão-guia.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Dor Crónica XLIX




Este fim-de-semana foi horrível no que toca a incêndios. O Benfica foi quem mais ficou a arder.

sábado, 7 de agosto de 2010

CIRCO DE LETRAS
Os amores de Verão ficam enterrados na areia

Um título lamechas merece uma crónica lamechas. E prometo não desiludir, já que o tema é o amor e, como todos bem sabemos, o amor é sempre lamechas. Um coração esgravatado numa árvore, outro coração escrito na mesa da sala de aula, outro ainda desenhado na areia... Cada um com o seu feitio, o seu humor, a sua forma de estar. Sentado ao divã, está hoje o que tem areia nos pés (e alguma na cabeça), o amor de Verão.

Antes de nos apaixonarmos por isto, é melhor esclarecer que o amor de Verão não leva a lado nenhum. É exactamente igual aos outros. A vantagem é que este tem piada. Não se mata, não se morre, não se cai num caldeirão nem se é expulso do Paraíso. O amor de Verão dói. Mas passa. Dói agora. Amanhã não existe. Claro que fica gravado (a cores), mas bem arrumadinho.

No resto do ano, o amor é regrado, metódico. "Jantamos amanhã?", "Amanhã não posso, tenho reunião. Depois.", "Quando?", "Quando te der mais jeito.", "Não me dá jeito, eu trabalho.", "Eu também.", "Raios!". Este amor não dá jeito nenhum. É um amor que faz contas, que cumpre horários, que pensa. Um amor que apenas se faz no café, na fila para o autocarro ou no escritório é um amor triste.

Já o amor de Verão calça chinelos e queima os sapatos, veste t-shirts e rasga os fatos e as gravatas. Nem sequer usa maquilhagem. Pega na guitarra partida e começa a tocar os Jardins Proibidos. Desafinado. Mas é mesmo assim, porque lá no peito também bate um coração. O amor de Verão não dá rosas nem caixinhas de chocolate. Apanha escaldões e fica com a marca da pulseira que a miúda nos deu. Protector? Para quê? O amor de Verão não usa protector. Nem quer. Aliás, o amor de Verão não é vermelho, é ultra-violeta.

O amor de Verão acaba com areia na toalha, com os pés molhados e com os tais coraçõezinhos desenhados à beira-mar. Depois vem uma onda e lá se foi o amor. Para onde? Onde está? Onde ficam os amores de Verão?

Foto: DR

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Dor Crónica XLVIII




A melhor e mais descritiva declaração de Carlos Cruz está aqui.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Dor Crónica XLVII




Paris Hilton diz que é uma óptima cozinheira. No entanto, é ela que acaba sempre por ser comida.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Dor Crónica XLVI




No filme sobre José Castelo Branco, Betty Grafstein vai ser interpretada por um pára-choques de um mini depois de um choque frontal contra um camião TIR.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

E o título encontra a notícia

Este é daqueles títulos que já estão mesmo à espera da própria notícia. Depois é fácil. O jornalista só tem de soltar um sorriso, esfregar as mãos e mostrar ao mundo a sua obra. "Caraças, sou mesmo bom! Imortal... sem vida... Pá, que espectáculo! Isto é que é jornalismo". Não digo que não seja. Mas bom jornalismo com certeza que não é. E duvido que a notícia se mantenha por muitos mais minutos no site da Bola. Faz-me lembrar o anúncio da morte de Maurice Gibb, um dos membros dos Bee Gees. "The author of 'Staying Alive' is dead!". O jornalista da BBC foi despedido.

PS- Mas até teve piada.

Dor Crónica XLV




Olá, vamos à parvoíce?

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Dor Crónica XLIV




A ministra da Educação quer acabar com os chumbos nas escolas. Por mim tudo bem. Desde que os chumbos vão direitinhos à sua cabeça.

sábado, 31 de julho de 2010

Um sucesso

Esta semana foi apresentado o resultado do primeiro transplante total de rosto, uma cirurgia inédita no mundo. O resultado é considerado um sucesso.

Espera lá... um SUCESSO?!?!?!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Dor Crónica XLIII




A tragédia no evento Love Parade veio confirmar que se pode morrer de amor.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Dor Crónica XLII




Um casal alemão caiu da janela de um apartamento enquanto fazia sexo. Felizmente, o homem não caiu de barriga para baixo.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Dor Crónica XLI




O actor José Carlos Pereira assumiu que está doente e que se vai tratar. Para começar, eu sugiro que vá para uma escola de teatro.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Inception - A Origem
"Não podias antes ter sonhado com uma praia?"

A premissa é muito boa, os enredos papam-se, a forma de os contar fraquinha.

Não sou crítico de cinema, mas tendo em conta que faço parte do público, sou parte integrante e essencial de toda esta indústria. Portanto, tenho todo o direito em dar a minha opinião. E aqui vai ela (dividida por vários pontos).

Fiquei com a sensação horrível de não perceber por que raio a música para chamar à realidade as "almas" era o "Non, je ne regrette rien" da Edith Piaf. Lançar a curiosidade várias vezes no início do filme, outras tantas durante o filme e no fim não haver uma explicação é um claro exemplo do que não se deve fazer numa boa história. Compreendo que possa ser uma private joke do realizador, especialmente dirigida a Cobb (o personagem interpretado por Di Caprio). A música fala de arrependimentos ("Não, eu não lamento nada", numa tradução muito livre) e toda a história de Cobb no filme assenta no arrependimento de ter sido o "culpado" da morte de Mal, a sua mulher. De qualquer das formas, isto deveria ser explicado no filme. Não exaustivamente explicado - porque o bom cinema e o bom argumento é aquele que faz pensar - mas colocar Edith Piaf num filme que retrata uma situação "actual" é inadequado, não faz sentido. Está fora do contexto. Pelo menos se não for explicado. E não foi. Bastava um simples apontamento "Porquê esta música?", seguido de um "Não é a música, são as palavras" do Cobb e estava tudo resolvido. Ou bastava ficar pela pergunta. Deixar isto em aberto é que não. Dá um ar de "colocada ali à pressão porque a letra até faz sentido e nós somos muita bons a mandar private jokes entre nós que o público não compreende porque é burro demais para isso".

Na ponte, Yusuf apercebe-se de que está lixado e liga a música para acordar a malta. Dá uns tiros, vê que não tem hipótese e atira-se da ponte com a carrinha. Tudo muito rápido. No máximo demorou 30 segundos (o que no segundo nível equivale a 9 minutos). Aqui lanço o desafio: quem conseguir atravessar um longo corredor, lutar com um homem, matá-lo, entrar no quarto, apreciar cinco corpos a levitar, ver as gotas de sangue a sair da boca de um deles, engendrar um plano, ir buscar um fio, enrolar todos esses corpos num só, tirá-los do quarto, conduzi-los pelo longo corredor, levá-los para o elevador, abrir um alçapão, cortar um dos fios, colocar explosivos em vários pontos-chave, e esperar pelo "empurrão", tudo isto em 9 minutos e com gravidade zero, merece uma estátua. 9 minutos demorei eu a escrever este parágrafo (de notar que fui várias vezes à casa-de-banho e escrevi só com uma mão).

O Saito demora uma eternidade a morrer. Esteja em que nível estiver (1º: 10 segundos, 2º: 3 minutos ou 3º: 60 minutos), o ferimento da bala (exactamente no peito) ter-lhe-ia custado a vida de imediato.

Robert Fischer faz a pergunta que melhor define o filme: "Não podias antes ter sonhado com uma praia?". A pergunta foi dirigida a Eames e funcionou como piadinha-a-meio-do-filme-para-aligeirar-as-coisas. No cinema a malta acha graça, ri-se e pensa: "Caraças, é verdade! Por que é que ele, em vez de ter sonhado estar no meio dos "Alpes" cobertos de neve e cheios de frio de arma em punho para abater o exército escondido num forte blindado, não sonhou com uma praia paradisíaca? Os militares podiam, na mesma, ser mauzões (porque eram defensores da mente do Fischer), não teriam era de ter melhores armas que eles. Por que não sonhar com bazookas e shotguns, em vez daquelas mariquices de armas automáticas e facas?

Por agora é só. Terei de rever o filme. Com certeza que houve pormenores que não apanhei. Estes marcaram-me pela negativa. Outros surgirão que podem dar outro peso à balança. No entanto, não compreendo a febre que este filme tem provocado. Imagino se tivesse vampiros. Melhor, vampiros que também viajavam dentro dos sonhos. Era a loucura! No Top 250 do IMDB está em 3º lugar! 3º lugar! De certezinha que estou a sonhar. Esta não é a "verdadeira" realidade. Não pode ser! Quero acordar. Põe a tocar Edith Piaf, pá!

Dor Crónica XL




A ASAE inspeccionou solários e ginásios. Em todos eles notou-se uma falha grave: a ausência de neurónios.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Dor Crónica XXXIX




Um casal nigeriano teve um filho branco. Esta é a prova matemática de que menos com menos dá mais.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Dor Crónica XXXVIII




A Dor de hoje é dedicada à voz que melhor soube cantar a Dor de um povo. Faria hoje 90 anos.

O Grito

Silêncio!
Do silêncio faço um grito
O corpo todo me dói
Deixai-me chorar um pouco.

De sombra a sombra
Há um céu tão recolhido...
De sombra a sombra
Já lhe perdi o sentido.

Ao céu!
Aqui me falta a luz
Aqui me falta uma estrela
Chora-se mais
Quando se vive atrás dela.

E eu,
A quem o céu esqueceu
Sou a que o mundo perdeu
Só choro agora
Que quem morre já não chora.

Solidão!
Que nem mesmo essa é inteira
Há sempre uma companheira
Uma profunda amargura.

Ai, solidão!
Quem fora escorpião
Ai, solidão!
E se mordera a cabeça!

Adeus!
Já fui para além da vida
Do que já fui tenho sede
Sou sombra triste
Encostada a uma parede.

Adeus!
Vida que tanto duras
Vem morte que tanto tardas
Ai, como dói
A solidão quase loucura!

terça-feira, 20 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Glorioso cartão de época

Já cá canta! Há quem tenha Via Verde, nós temos a Via Vermelha: não passa nada!

Dor Crónica XXXIV




Isaltino Morais, IURD, exames do 9º ano e IPO.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

terça-feira, 13 de julho de 2010

Dor Crónica XXXII




Photoshop na Playboy tudo bem. Agora Jesus Cristo...

Curso de Humor e Comédia ao vivo no Teatro da Comuna

Amigos, hoje (13 Julho) venham assistir ao primeiro espectáculo ao vivo do curso de Humor e Comédia da ACT - Escola de Actores. Feliz ou infelizmente - logo me dirão - eu também participo.

LOCAL: Café-teatro da Comuna (Praça de Espanha)
HORA: 21h
PREÇO: 5 € (com direito a bebida)
TEXTOS: Alunos
DIRECÇÃO DE ACTORES: Ana Bola, Manuel Marques e César Mourão

Não faltem e confirmem a minha falta de jeito para o humor!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Dor Crónica XXXI




Um polvo, um papagaio, um panda e um crocodilo. Todos acertaram nos resultados dos jogos do mundial. Qual foi o único animal a errar?

sábado, 10 de julho de 2010

CIRCO DE LETRAS
Portugal dá trabalho

Verão. Que maravilha! A altura em que o português oficializa aquilo que, por obrigação ou livre vontade, faz durante todo o ano: estar de férias. Conheço algumas pessoas - muito poucas! - que estão desempregadas por obrigação. Foram despedidas ou simplesmente não conseguem arranjar emprego. Conheço outras que são desempregadas profissionais. Entram para o desemprego às nove, saem ao meio-dia e meia para almoçar, às duas regressam para desempregar mais um bocadinho e saem às cinco e meia com um dia de desemprego no bolso. Trabalho nem vê-lo.

Mas este país não é para trabalhadores. É para empregados. Empregados de mesa, empregados de balcão, empregados de limpeza… Trabalhar é um verbo que não está no nosso dicionário genético, uma assinatura que está fora do nosso Bilhete de Identidade. E digo Bilhete de Identidade porque dá muito trabalho ir fazer o Cartão do Cidadão. Tirar senha, esperar na sala, ir para a fila, preencher papéis, tirar outra senha porque aquela era para a Electricidade, esperar outra vez, ir para outra fila ainda maior, preencher outros papéis e pagar. Está feito. Dá trabalho, claro. Tudo dá trabalho, particularmente em Portugal. Nós é que não gostamos. Preferimos emprego. Tem mais pinta e dá outro estatuto.

É isto que nos distingue dos outros países: nós somos a criança rabugenta da creche. Se nos dizem bem, julgamo-nos os maiores e exigimos ser o último a ir à baliza, se nos dão um puxão de orelhas, fazemos birra e mandamos a bola para a estrada. Podemos é ter o azar de acertar no carro do director. E aí corremos o sério risco de ir para casa… de férias.

Foto: DR

sexta-feira, 9 de julho de 2010

quinta-feira, 8 de julho de 2010

quarta-feira, 7 de julho de 2010

terça-feira, 6 de julho de 2010

segunda-feira, 5 de julho de 2010

sexta-feira, 2 de julho de 2010

quinta-feira, 1 de julho de 2010

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dor Crónica XXIII




Vamos adoptar algumas coisas espanholas? Perguntem ao Carlos Queiroz.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Dor Crónica XXII




O 24 Horas acaba e uma nova rádio começa: a Evax FM. Coincidência? Oiçam

segunda-feira, 28 de junho de 2010

sexta-feira, 25 de junho de 2010

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Dor Crónica XIX




Messi faz hoje 23 anos. Para ser melhor que o Maradona só lhe falta uma coisa.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

João Loio - Marcha brilhantina




Põe o teu cheirinho mais selecto
Manda a tristeza para o tecto
Anda p'ra rua com a maralha

Vem, não fiques armado em morcão
Que hoje é noite de S. João
E a solidão vai no Batalha!

Dor Crónica XVIII




Já foste seduzido por uma vaca?

terça-feira, 22 de junho de 2010

Dor Crónica XVII




Já é a segunda vez que Cavaco Silva fica retido por causa das cinzas.

segunda-feira, 21 de junho de 2010

sexta-feira, 18 de junho de 2010

quarta-feira, 16 de junho de 2010

segunda-feira, 14 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

quarta-feira, 9 de junho de 2010

segunda-feira, 7 de junho de 2010